DIGNOW

dd25481f-20bb-4f62-8de5-5ff4a655050c

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Quem diz ?









O vento
O breu
A chuva
Contar-me-iam
O que há por dentro
Da vida
Que me habita
Do demônio que me pesa
Do santo que palpita
Céu , inferno
Pseudofilosofias
No vai- e- vem dos limites
Dessas grandes cidades
Casa grandes e senzalas
E suas avenidas
Afonso Pena,
Paulista,
Prainha
E perimetrais de Porto Alegre.
O vento
O breu
A chuva
Contar-me-iam
Mas não contaram.






Um comentário:

Luma Rosa disse...

Deu erro, Poeta?
Acho que o procedimento ainda não chegou ao fim (rs*)
É preciso luz para poder enxergar!
:)
Beijus,

MODALIDADES

KBÇÓIDES POÉTICOS