DIGNOW

dd25481f-20bb-4f62-8de5-5ff4a655050c

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Adoro domingos de chuva quando estou só.


 


    O dia chuvoso além de poético deixa-me mais à vontade em casa. As pessoas não te visitam e você não visita ninguém. Você e sua própria companhia. Uma delícia.
    O bom de curtir um domingo cinza e chuvoso é com uma boa companhia, nesse caso, pode e deve ser você mesmo.
    Quando seus pensamentos lhe fazem agir e sentir-se bem, não há limites para sua felicidade e juventude. Sim juventude.
     Minha juventude beira aos quarenta anos e cada vez fico mais à vontade sendo o jovem que sempre fui.
     Como  Antoine de Saint-Exupéry, ficava falando de coisas práticas quando era mais jovem e mentalmente mais velho.
      No caso do Brasil as coisas práticas resumem-se em dinheiro e maledicências da vida alheia. Verdade! Maledicências da vida alheia.
       Leandro Karnal acredita que o ódio une mais que o amor. É verdade. A prática de ouvir maledicências alheias corrobora essa afirmação.
      Quando o assunto é dinheiro, não muda muita coisa, exceto a segregação dos que tem e os que não têm.
      Quando se assume a juventude que grita na alma para ver-se liberta, vemos que a maioria dos assuntos, sonhos, e convenções do pensamento médio é um imenso e verde pasto para o gado. O povo de pessoas cinza normais.





MODALIDADES

KBÇÓIDES POÉTICOS