DIGNOW

dd25481f-20bb-4f62-8de5-5ff4a655050c

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

VINHOS POPULARES (saindo do buraco)


      O exercício de preparar um prato só é válido acompanhado de um bom vinho com pelo menos um sabor razoável.
       Os portugueses estão me perseguindo. Sou um grande apreciador dos vinhos chilenos como os da Concha y toro, mas os “portugas” estão me cercando.
       Anos de um relacionamento estável foram quebrados pelas sucessivas “puladas de cerca” com os vinhos alentejanos. Adorei.
      Comecei com o Porta da Ravessa, arrisquei experimentar o “vinho verde” da Casal Garcia.
       O vinho verde da Casal Garcia é um vinho semelhante ao Lambrusco, razoável mas não indispensável.
       O ápice do romantismo se deu quando experimentei outra aposta da Casal Garcia, o vinho tinto. Uma maravilha. Vinho saboroso, honesto e acessível.
        Vinhos chilenos e portugueses estão mais acessíveis ao bolso e paladar brasileiro, sendo este último a principal barreira a ser transposta.

         O Brasil e o brasileiro ainda continuam refém da cerveja por um efetivo trabalho de marketing, mas, esse perfil está mudando, o povo, a emergente classe “C”, havida por consumo rápido, poderá consumir vinhos, uma bebida melhor.

MODALIDADES

KBÇÓIDES POÉTICOS