DIGNOW

dd25481f-20bb-4f62-8de5-5ff4a655050c

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

TERRAS ESTRANHAS








Tomo posse em terras estranhas

De uma vida quase pregressa

Sinônimo de vencer vales e montes

Outras vidas, outras eras.

Sentir o meu ser constante

Sangue percorre por minhas veias.

Não temendo ser distante,

Entrelaço-me em outras teias.

Exilado por motivos outros

Confecciono minha dialética.

Um caminho reto pelo torto.

Desacreditado da vulgar estética.

Sentir o coração pulsante,

Sistólise de muitas quimeras.

Meu peito preso em flagrante

Amando aquela que não me quisera.

MODALIDADES

KBÇÓIDES POÉTICOS