DIGNOW

dd25481f-20bb-4f62-8de5-5ff4a655050c

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

A ESQUERDA DENTRO DA DIREITA




    O conceito de direita e esquerda chega a ser engraçado como foi abordado nessa última eleição.
    Dentro do espetáculo midiático necessário que são os televisionados debates políticos, o teatral Eduardo Jorge solta a seguinte pérola: - “O partido verde está nessas eleições para corrigir os erros tanto do socialismo quanto os erros do capitalismo”.
    O cidadão minimamente informado tem o entendimento de que estamos no regime capitalista e que estas pífias melhoras que os eleitores do continuísmo, da presidenta Dilma, são apenas “melhorismos” dentro do próprio regime capitalista. Eduardo Jorge fora um engraçado candidato teatral.
    Além desses antigos chavões, a ala conservadora do Brasil criou o termo “Bolivariano”.
    Bolivariano remete-nos a figura histórica de Simon Bolívar, herói sul-americano que livrou a Venezuela, Peru, Colômbia e Bolívia do imperialismo espanhol.
    Hugo Chávez e posteriormente Evo Morales utilizaram esse termo para nomear seus programas sociais.
    Simon Bolívar é um herói sul-americano digno de homenagem, mas, sua demonização é ignorante e insana.
    Mais insana que a demonização de Simon Bolívar é a veneração da mídia nativa a Barack Obama.
    O Brasil de forma nenhuma tomaria medidas semelhantes aos “bolivarianos” na área econômica ou social por que nossa consolidação das leis trabalhistas (CLT ) e o desenvolvimento industrial é muito superior ao dos países citados.
    A quem interessa alimentar o antipetismo e o preconceito com nossos vizinhos do Mercosul ?





MODALIDADES

KBÇÓIDES POÉTICOS