DIGNOW

dd25481f-20bb-4f62-8de5-5ff4a655050c

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

MEDIDA CERTA











O que me pesa

É o quanto valerei

Em ouro, prata

Cobre, Bronze

O que me cobre

É o quanto já paguei

Em ouro, prata,

Cobre, bronze

O que me sobra´

É quanto pesarei

O tempo, a vida, a alma...







3 comentários:

Eu Aqui disse...

A consciência do que eternizou.

Luma Rosa disse...

Pois não é que o tempo, a vida e a alma, custam todo o peso do ouro que não ousamos imaginar!
Beijus,

Lia Noronha disse...

Bem interessante tua forma poeticamente encantadora!!!!
Abracosmeus

MODALIDADES

KBÇÓIDES POÉTICOS