DIGNOW

dd25481f-20bb-4f62-8de5-5ff4a655050c

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

URBANO POETA


*

*

*

Trago o espírito
Da melhor ocasião.
Devaneio certo de um corpo
Disperso, imerso em profunda
Divagação.
Abstração contínua,
Intensa e transcendental,
Sílaba por sílaba.
Notas músicais e palavras
Dançam um frevo
Poético, versado
Na mais longínqua
Fonte que pude vislumbrar.
Oásis no deserto dos sem-lirismo,
O cinza de suas vidas
Pouco a pouco ficam mais coloridos,
Graças aos versos dos poetas,
A maldição dos profetas e
E meus doces acordes de trovador
urbano.
*

*

*

Nenhum comentário:

MODALIDADES

KBÇÓIDES POÉTICOS