DIGNOW

dd25481f-20bb-4f62-8de5-5ff4a655050c

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Camelô e a marginalização




Foi anunciada a legalização dos camêlos. Classe marginal do mundo urbano.


Se traçarmos um contexto social, no mundo rural os famigerados são o MST (movimento dos trabalhadores rurais sem terra), e nas cidades são os Camêlos. Mas quem são os "Camelôs"?


Normalmente ninguém, pois não existe uma organização coesa, pois há muitos camelôs que são funcionários de algum megaempresário informal.


Eu acredito que a saída para acabar com o crime é discriminalizar as categorias. Não é muito mais interessante o camelô continuar trabalhando, trazendo beneficios ao fisco, do que marginalizado fugindo com sua banca nas mãos como um ladrão?


Não seria mais interessante o estado discriminalizar as drogas, e organizar sua distribuição, para haver menos violência e tráfico de armas?


Não seria interessante existir uma TV pública do estado do Mato Grosso?

Nenhum comentário:

MODALIDADES

KBÇÓIDES POÉTICOS