DIGNOW

dd25481f-20bb-4f62-8de5-5ff4a655050c

sexta-feira, 13 de março de 2009

Poema ROLAM AS PEDRAS de Kbçapoeta




ROLAM AS PEDRAS


As pedras rolam


por que alguém


as fizeram rolar.


A dor figurada


que a anos os poetas relatam,


dói por que deixamos doer.


Deixamos doer por que alguém


nos disse que era humano,


bonito e poético.


Queria uma tristeza finita,


e que a felicidade fosse o oposto.


Hoje em dia tenho:


felicidade nunca vista, e,


uma tristeza perene

Nenhum comentário:

MODALIDADES

KBÇÓIDES POÉTICOS