DIGNOW

dd25481f-20bb-4f62-8de5-5ff4a655050c

quarta-feira, 11 de março de 2009

Poema Quem Sabe...





Quem sabe...

Céus!
Você nunca saberá!
O que pode o “tal” do amor,
O que fez e o que nunca fará.
Deus!
Pode não existir, e se existe? E daí?
Não entendi a medida da paixão,
Pois sempre a próxima,possa talvez nunca existir.
Desilusão?
Possa nunca chegar a ti,
Talvez seja invenção,
Para divertir,
Cruezas de um sarcástico coração

Nenhum comentário:

MODALIDADES

KBÇÓIDES POÉTICOS